Thumbnail

Uma limpeza do passado, para um novo ciclo de vida

 

A cada ano que passa novas promessas e projetos são almejados. As festas de final de ano são como um final de ciclo, e para cada final de ciclo tem que se haver uma comemoração. Ao passar as comemorações começamos a refletir o que foi bom e ruim do ano anterior, para repensarmos o que queremos para este novo ano que começa. 

Entretanto, acabamos pensando mais nas projeções do futuro, do que em trabalhar os erros do passado. Deixamos nossa carga de frustrações e erros escondidos em nossos cofres mais obscuros, ou jogados para baixo do tapete, onde não poderemos vê-los tão facilmente? Mas por mais que tentemos esconder conscientemente, tirando dos nossos olhos o que passou, o nosso inconsciente permanece com muitas de nossas mágoas, sustos e dificuldades em perdoar ativadas, provocando estados de alerta, para tentar evitar que passemos novamente pela mesma cilada. 

Devido às nossas vivências do passado, nos preparamos inconscientemente para tentarmos não sofrer novamente, sendo assim, produzimos estados emocionais, sejam eles, medo, ansiedade, irritabilidade, tristeza, como formas de nos proteger, por mais que não gostemos destes estados. O nosso inconsciente funciona de forma a utilizar a melhor maneira que já foi encontrada, seja pelos antepassados, ou pela pessoa, para sair de um problema, desta forma produzimos uma irritabilidade, para que possamos evitar ter que nos submeter a algo que não queremos; um sofrimento antecipado, para que não sejamos pegos de surpresa por algo novamente; ou um medo, para que não cheguemos perto de algo que já nos foi perigoso. 

Para deixar o passado para trás também precisamos perdoar as pessoas que algum dia nos fizeram algum mal, fazendo com que fiquemos sempre alerta, irritados e com dificuldade em confiar novamente ou mesmo a dificuldade em nos perdoar perante nossos erros do passado, o que compromete nossa confiança nas novas escolhas de nossa vida, nos deixando indecisos frente às novas escolhas, com medo de errar novamente.

Sendo assim, para que realmente possamos começar um ano novo, um ciclo novo de nossas vidas, temos que não somente projetar e criar novos planos e sonhos, mas também nos limpar das amarras inconscientes que carregamos de nosso passado, pois somente assim pararemos de nos sabotar perante a vida e poderemos ter uma vida plena e feliz, sem que fiquemos patinando, sem sair do lugar. 

 

Dr. Ivan Bonaldo

CREFITO 8/99696-F

Fisioterapeuta especialista em Microfisioterapia e Nova Medicina Germânica

(46) 3025 5399

www.ativaterapias.com.br