Thumbnail

A criação de uma inteligência emocional eficaz

 

É na pequena infância que a criança irá receber dos pais os ensinamentos emocionais que levarão para as suas vidas, embora essas aptidões continuem a formar-se durante todo o período escolar.  Para que a criança esteja pronta para ir para a escola, é necessário que ela já tenha alguns conhecimentos básicos, como: confiança, curiosidade, intencionalidade, autocontrole, relacionamento, capacidade de comunicar-se, cooperatividade.

Imaginem um bebê de poucos meses que está chorando no meio da noite com fome, então a mãe chega, o atende calmamente, e durante o tempo em que a criança mama, o olha com afeição e lhe diz que esta feliz em vê-lo, por mais que seja de madrugada. O bebê feliz pelo amor da mãe volta a adormecer calmamente. 

Agora, se o bebê acorda de madrugada chorando de fome e encontra diante dele uma mãe nervosa e irritada, que acabou de passar por uma briga com seu marido, o bebê já mostra reação, ficando ainda mais tenso, agitado e choroso. Quando a mãe o pega de forma abrupta, gritando para que pare de chorar, oferecendo-lhe o seio sem nenhuma demonstração de afeto, faz com que a criança sinta este distanciamento e perca a vontade de mamar, fazendo com que a mãe fique mais irritada e o deixe chorando, até que pegue no sono exausto. 

Duas formas diferentes de agir, que acabam por moldar a personalidade emocional de cada ser. Cada contato entre pais e filhos contém um tema emocional, e a sua repetição irá moldar o equilíbrio emocional. 

As dificuldades são maiores para filhos de pais violentos, viciados, deprimidos, raivosos e que vivem de forma desordenada. Pais deste gênero tende a não cuidar adequadamente dos filhos e a não entram em sintonia com as necessidades do filho. Pais que brigam, gritam e batem estão criando crianças agressivas, depressivas, com problemas no aprendizado e inteligência emocional. Estas crianças irão ter dificuldades para sair de adversidades de forma coerente, adequada e justa. 

Portanto, para que os filhos se tornem grandes homens e mulheres, conversem e não briguem ou batam, respeitem que serão respeitados, zelem que serão zelados, AMEM que serão AMADOS. Protejam seu maior bem das adversidades futuras. 

 

Dr. Ivan Bonaldo

Crefito 8/99696-F

Idealizador do Congresso Internacional das Leis Biológicas

http://www.leisbiologicas.com